Coincidência ou destino

0
82

Powered by WP Bannerize

Cuiabá é 2ª cidade que mais avançou no país

O estudo “Desafios da Gestão Municipal (DGM) 2021”, elaborado pela consultoria Macroplan, apontou Cuiabá como a segunda cidade brasileira que mais avançou no país na última década. O município subiu nove posições nos últimos dez anos e ganhou mais três posições somente no ano passado, ficando assim na 56ª posição no índice dos Desafios da Gestão Municipal (IDGM). No ranking de 2021, Cuiabá obteve o IDGM de 0,124, ficando atrás somente de Maceió (AL), que obteve 0,125.

O  estudo Desafios da Gestão Municipal (DGM) apresenta uma análise da evolução recente das cem maiores cidades brasileiras, que representam metade do PIB brasileiro, com base no IDGM, indicador sintético que reúne 15 itens distribuídos em quatro áreas essenciais para a qualidade de vida da população: educação,  saúde,  segurança e saneamento e sustentabilidade.

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, comemorou o avanço no IDGM nesta década e afirmou que o resultado é reflexo dos projetos e do empenho de uma gestão humanizada, comprometida e que não mede esforços em benefício dos que mais carentes. “É com muita satisfação que recebemos essa notícia. O avanço principalmente na saúde, em um momento de tanta aflição, do enfrentamento a uma crise sanitária sem precedentes. Nosso maior investimento é para proteger a nossa população, que tem sido a nossa prioridade, disse.

No quesito de atendimento das crianças de 4 a 5 anos em pré-escolas, Cuiabá em 2019 teve uma estimativa de 100%, maior que a média dos 100 maiores municípios do país. O município tinha a 1ª melhor posição no indicador nesse conjunto de municípios em 2019. Havia 9.290 crianças de 4 a 5 anos matriculadas em pré-escolas em 2009. Em 2019, o número de matrículas subiu para 12.401. Essa variação correspondeu a 33,5% de crescimento das matrículas entre 2009 e 2019.

No quesito “abastecimento de água”, Cuiabá alcançou a estimativa de 98,1% da população que foi atendida por serviço de abastecimento de água em 2019. Esse percentual foi maior que a média dos cem  maiores municípios do país. O município apresentou o 51º melhor atendimento entre as cidades analisadas nesse último ano. A população atendida com abastecimento de água era igual a 543.460, em 2009, e foi para 601.116 residentes, em 2019.

Pinheiro destacou ainda o investimento de R$ 200 milhões em saneamento básico na capital, rumo à universalização do serviço. Em 2021, o município deve alcançar a marca de 100% dos lares com abastecimento de água, enquanto que o serviço de tratamento de esgoto deve chegar a 91% até o fim da gestão. “A marca de nossa gestão é o compromisso e o zelo com os investimentos e serviços”.

Cita que outros projetos que irão fomentar ainda mais o desenvolvimento da cidade, como por exemplo, a conclusão do  Contorno Leste que vai impactar positivamente diversas frentes de atuação.

A obra, que será concluída em dois anos, e já é considerada a maior ação  de mobilidade urbana dos últimos 50 anos da Capital, terá investimento de R$ 125 milhões. A avenida terá 17,3 quilômetros de pista dupla, 50 bairros, beneficiando diretamente cerca de 400 mil habitantes. “Por isso, já trabalhamos em um planejamento de crescimento de toda essa região com a construção de escolas, unidades de saúde, com saneamento. Defendemos a evolução pautada em ações sustentáveis. Cuiabá ainda mais moderna, justa e inclusiva”.

Fonte: Folhamax

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta