Tarado no Colégio Chique de Cuiabá

0
1989
Sex in the public restroom.

Powered by WP Bannerize

O Colégio Maxi, de Cuiabá, manifestou-se sobre o caso de um aluno, de 15 anos, denunciado pelo perfil do Twitter “Exposed Cuiabá”, que divulga anonimamente casos de abusos sofridos por jovens.

Em e-mail enviado aos pais na última sexta-feira (5), a direção da escola – uma das mais conceituadas de Cuiabá – disse que está preocupada com as alunas que fizeram a denúncia e espera que seja lavrado o boletim de ocorrência para que o caso seja devidamente investigado pelas autoridades.

A nota reforçou ainda que o colégio não tolera abusos, violências ou discriminações de qualquer tipo.

“O Colégio Maxi sempre atentou para a segurança e a integridade de seus estudantes e demonstra grande preocupação com as publicações feitas por alunas (…) via Twitter contra um de seus colegas”, diz trecho da nota.

Diversas meninas menores de idade acusaram o adolescente de praticar abusos sexuais, inclusive dentro da escola, e até mesmo estupro.

Exposed Cuiabá

O perfil foi criado na semana passada com o intuito de dar voz às mulheres vítimas de violência em Cuiabá por meio de denúncias anônimas. Em menos de 24 horas, a página ganhou grande repercussão na internet e já tinha mais de 3 mil seguidores e quase 2 mil denúncias. Dentre as postagens, jovens escreveram seus relatos citando o estudante. Após poucos dias no ar, a página foi derrubada e não retornou até o momento.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta