De Cuiabá abalou em Cannes

0
193

Powered by WP Bannerize

Filha da secretária Municipal de Cultura, Carlina Jacob, a cuiabana Kyara Jacob foi um dos destaques do tapete vermelho do Festival de Cannes, um dos principais da sétima arte que acontece anualmente. Kyara é produtora executiva do curta-metragem “Nada de Bom Acontece Depois dos 30”, do diretor Lucas Vasconcelos. A obra foi uma das produções selecionadas para o festival que chegou ao fim no último dia 17 de julho.

Kyara utilizou seu Instagram para descrever a experiência como “incrível”, enquanto a mãe publicou um texto em suas redes sociais, dizendo o quão orgulhosa estava de sua filha. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), também parabenizou a cuiabana nos comentários da publicação.

“Minha menina tornou-se um ser humano especial, transborda amor, carinho alegria e muito pó de pirlimpimpim, torna tudo mágico”, disse a mãe. “Que orgulho para nós como mãe, irmã, família, mulher e cuiabana. Sonhou e foi lá sozinha, construindo seus sonhos, cada tijolinho, rindo de seus tomos e de cabeça erguida”, completou.

Kyara Jacob é produtora executiva do curta-metragem “Nada de Bom Acontece Depois dos 30”. Em maio, quando foi anunciado que o filme havia sido selecionado para o festival, ela confessou que sempre foi um sonho chegar em Cannes e ressaltou que fazer cinema no Brasil, principalmente uma ficção científica, não é algo fácil.

“Desde o primeiro filme que eu produzi do diretor, amigo e ‘parceiro-de-vida-e-de-jobs’, Lucas Vasconcelos, em meados de 2018 , sonhávamos com Cannes e , apesar de todas as adversidades e dos momentos tristes que temos passado, continuamos acreditando e aconteceu”, disse. “Não é fácil fazer cinema independente, principalmente no Brasil, ainda mais uma ficção científica, então eu só tenho a agradecer por tantos talentos juntos”, completou.

“Nada de Bom Acontece Depois dos 30” se passa em um mundo onde as pessoas não envelhecem, fazendo com que o governo crie um programa para controlar a superpopulação. Sempre que uma pessoa atinge seus trinta anos, ela deve morrer, mas um homem (Pedro Nercessian) questiona essa doutrina política durante seu último aniversário.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta