Queimadas: Unimed Cuiabá reforça que exemplo é a lição no combate à poluição

0
122

Powered by WP Bannerize

Com o clima seco de agosto as queimadas se tornam mais intensas, assim como os problemas que elas acarretam. Diante disso, a Unimed Cuiabá, reforça seu compromisso com a comunidade e ressalta a importância do combate à poluição enaltecendo o dia 14 de agosto, que marca esta importante causa.  

Para a Singular Cuiabana o assunto é primordial, por isso implementou o Programa de Economia e Sustentabilidade (ProEco), que contribui para o meio ambiente, atuado na valorização da Política Sustentável de Gestão de Resíduos e aprimorando-a de formas eficazes e ecológicas. “Entender a importância da economia de recursos – energia, tempo, água, papel, bem como evitar a poluição é se comprometer com o futuro e a construção de um mundo mais sustentável e limpo. E nisso, cada atitude conta!”, frisa o diretor presidente da Unimed Cuiabá, o médico patologista, Dr. Rubens Carlos de Oliveira Jr. 

A mudança de postura exemplificada pelo diretor presidente traz benefícios a todos e é uma das necessidades urgentes para que o planeta não entre em colapso. A poluição do ar é causada principalmente pela liberação de gases provenientes de veículos automotores, indústrias em geral, aviões, queimadas, fertilizantes, incineradores, pastilhas de freio entre outros. A adversidade desta poluição não tem apenas afetado o meio ambiente, mas também os animais e principalmente a saúde humana. 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que sete milhões de mortes prematuras em todo mundo a cada ano esteja relacionada à poluição. Sendo essa a causa do aquecimento no Ártico e derretimento do gelo, mudança nos padrões das chuvas, características climáticas, não-rendimento da luz solar por conta das neblinas e poeiras causadas pela poluição.  Além da redução do rendimento do plantio de diversas culturas, como trigo, soja e milho. 

A exposição à poluição traz inúmeros prejuízos ao corpo humano entre eles: problemas oculares (conjuntivite, síndrome do olho seco e inflamação da córnea), infecção na laringe, faringe e surgimento de bronquite; infecção nas cordas vocais; agravamento nos casos de asma e rinite alérgica; fibrose pulmonar; câncer no pulmão e dermatites.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta